1.02.2014

I Love Lista!

I love lista

O mais legal de passarinhar é fazer listas*

* #prontofalei, não tenho vergonha de ser um "lister".

Começo de ano! Lista de desejos e resoluções, lista de viagens, lista de lifers pra 2014, nova lista de espécies do CBRO… Oba!!  Eu adoro listas… Esse ano já fiz duas novas! A lista de hoje e a lista de ontem. E passei horas atualizando minha lifelist.

Aliás eu acho magnifíco  o conceito passarinhístico de lifelist: A lista da Vida, isso talvez seja a grande expressão poética de uma planilha excel. 


Mas o meu passado me condena e tenho que confessar que até pouco tempo eu não mantinha uma das aves observadas. Sei que é uma vergonha, ou melhor, uma mera preguiça técnica, resquícios de meu passado de fotógrafo, quando eu era fissurado no bitmap, metadependente de metadados.  A lista era mero sub-produto, no meu modo tosco de ver, hoje não mais!

A experiência de observar uma ave é única e merece um lugar de destaque na lifelist, na minha lifelist. Que é minha, só minha. Não divulgo, não comparo, não compito. Ou melhor, divulgo, comparo e compito, comigo mesmo. É cá entre nós, eu comigo mesmo. Um exercício permanente de disciplina e ética. 

To list or not list... Ahh o grande dilema da vida de um passarinheiro... 

Sabe como é, tipo Sanã-parda. Outro dia eu vi uma. Daquele jeito né, no meio do pirizal, na brenha verde do brejo úmido, uma insana sombra parda passando de lá pra cá… mas era ela. Com certeza. Respondeu ao playback, veio olhou, chegou aos meus pés… cantou ali escondida. Maledita! Nada mais do que uma nesga de olho me olhando do meio do cisco. E aí como fica??? Qual o limite? Vale o registro?? Coloca na lista como "ouvida" ou "vista" ?*

Apesar de descrente, nesses momentos sinto falta da fé, do confessionário. Um confessionário ornitológico, onde pudesse colocar minhas dúvidas éticas, saber enfim se devo ou não computar a insana sanã na lista natalina. Invejo a ontológica
objetividade da fotografia.  Se tem foto tem registro caso contrário simbora ralar mais um pouco. Manda o  playback, pra ver ralídeo tem que ralar. 

Não! Menos por favor. Acho que prefiro a dúvida, a dívida ética que me move em busca de novas experiências!!  Mas reafirmo, sou um lister, aliás comecei a me considerar birder no momento em que comecei a listar, colecionar.*

Dona Marilene também adora colecionar, cacarecos. Nossa casa é cheia de lindas bugigangas… eu odeio isso, e também os seus gatos, mas enfim ela é colecionadora, cata-trecos.*

Eu não... Gosto de olhar pra frente! Não gosto de nada que se estrague com o tempo, nada que se deprecie, nada que precise limpar ou tirar o pó. Nada de manutenção.

Impermanência… quero que as minhas marcas se apaguem, que as pegadas se desapeguem…


Minha coleção não é de coisas, não é de objetos. Minha lista é de empenhos, de conquistas, lista de dúvidas, de histórias. Lista de encontros, não de arquivos. 

Minha lista é de vida: lifelist.

* sem moralismos... cada um com sua preferêcias...
** inpire-se aqui e aqui vendo a vida de grandes listers




Anexos: 

  1. Se você é assim "quinem" eu, recomendo o Táxeus o paraíso dos listeiros.
  2. Positivo operante:
    Sou cético, frio e calculista.  Adoro matemática, física e ciência exatas. Descrente, não acredito em OVNIs (exceto alguns do gênero Elaenia). Por tudo isso, eu penso que  astrologia é uma enorme pataquada. Sem concessões.
  3. Uma concessão: 
    sou virginiano, afinal nasci no ultimo decanato de Agosto, nada além disso,  bem…,  confesso que tenho mania de organização, que minhas gavetas são super arrumadas, sou extremamente crítico e detalhista e adoro listas.
  4. Listo logo existo.
    Antes de mais nada, eu faço um lista do que pretendo observar. Depois de terminar, naturalmente, listo o que foi visto. 
  5. Seja criativoFaça diferentes listas, lista do local visitado, de gêneros, de Cotingídeos. A gente reconhece um bom passarinheiro olhando as suas listas. 
  6. Minha gaveta predileta
    Tenho uma gaveta especial, a sétima (contando de baixo pra cima), onde eu guardo todas as minhas lista já realizadas. Colado na tampa, a realização máxima: um índice, uma magnífica lista das listas.
  7. Sou um meio geek
    Todo geek, é lister. Fomos abençoados pela automatização que a vida digital nos proporciona. Vc. já parou pra pensar que o Wikiaves nada mais é do que uma grande lista de listas de fotos ? E que o seu perfil no facebook é na verdade uma extensa lista de status? Mesmo esse blog que vos fala é uma lista...
  8. Fotografar é listar.
    Em última análise deixando de lado aquele aborrecido bitmap de tons RGB, o que resta, na essência é uma lista de espécies. Lista pela qual todo passarinheiro de respeito se esfola, rala, sofre, enfrenta sol e chuva, poeira e estradão… enfim, se diverte e vive feliz.
  9. Binóculo é tosco.
    Essa afirmação acima é tosca, muito tosca, eu sei… Mas binóculo não faz lista… isso é inadmissível. Pôw, um binóculo bacana custa mais de 3.000 dólares. Tem um conjunto óptico admirável e por ser binocular, mantém a tri-dimensionalidade do passarinho, potencializa o orgasmo ornitológico, um show!!! Mas não faz lista… e isso o deixa mais tosco que uma camereta xingling mezzo-zoom. Tem usar lápis e papel pra listar
    . Argh!!! t
  10. Eu amo Excel.
    Linhas e colunas, matrizes, listas tridimensionais! Realmente amo uma planilha. e posso afirmar: alguns dos melhores momentos de minha vida foram passados em frente a uma planilha .xls.
  11. to be continued...

Um comentário:

Daniel Esser disse...

Caraca! Sou um listeiro! Fotógrafo listeiro.